Ícone Marca


Campanha pela prorrogação do auxílio emergencial no Brasil

  17/06/2020



O Brasil enfrenta uma nova etapa para a prorrogação/continuidade do auxílio emergencial.
 
 
Com as dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus, a coalizão que fez a campanha da aprovação da renda básica emergencial, que tem a Rede Brasileira de Renda Básica na linha de frente, propõe que o Auxílio Emergencial dure até Dezembro, mesmo prazo do decreto de calamidade.
 
 
Diante do atual contexto brasileiro, a ANEPCP ressalta a importância de que todos os atores favoráveis à prorrogação e ampliação da política unam esforços e divulguem em suas redes para ampliar o debate e facilitar o acesso à informação.
 
A lei da Renda Básica emergencial foi aprovada no Congresso em março, após uma forte mobilização popular e, agora, podemos, novamente, unir esforços nesta nova etapa.
 
 
A Rede Brasileira de Renda Básica disponibilizou em seu site (https://www.rendabasica.org.br/) um importante estratégia para a nossa mobilização virtual. Cada cidadã e cada cidadão poderá acessar o site para pressionar o Congresso Nacional pela continuidade da Renda Básica Emergencial. A participação é simples, mas muito valiosa: ao acessar o site indicado, basta o preenchimento do nome, sobrenome e e-mail do participante.
 
 
Pressione agora as principais lideranças do Congresso pela aprovação de uma nova lei que garanta a continuidade da Renda Básica Emergencial no valor de R$600 até dezembro!
Acesse: https://www.rendabasica.org.br/
Pedimos a todxs que participem e divulguem em suas redes essa campanha!




© Anepcp 2020

Associação Nacional de Ensino e Pesquisa do Campo de Públicas
Inatto